Modal de transporte: Como se divide o transporte no Brasil

Hoje em dia, o transporte de cargas tornou-se algo necessário em nossa sociedade, afinal de contas, todos comercializam mercadorias em todos os lugares do mundo. Existem diversos meios de enviar produtos de um lugar para o outro.

E atualmente, existem cinco formas de locomover uma carga: pelo modal aéreo, ferroviário, dutoviário, rodoviário e aquaviário. Para escolher o modal de transporte ideal, é importante entender as características de cada um e qual carga ele pode carregar. Nos acompanhe nesse post que vamos explicar suas diferenças, vantagens e desvantagens.

 

O que são modais de transporte?

As formas de transporte de cargas dá-se o nome de modais de transporte o agrupamento dos modais de transporte e toda a sua abrangência de serviços são também conhecida como matriz de transportes. Para que esse transporte ocorra de maneira segura e eficaz, são necessário o uso de meios de transporte diversos. Separados em cinco básicos: Modal rodoviário, Modal Ferroviário, Modal Aéreo, Modal Marítimo e Modal Dutoviário. Todos de suma importância para a logística. E cada um tem suas vantagens e desvantagens como dissemos. Confira:

Modal Rodoviário

É aquele em que consiste o transporte através de ruas, estradas e rodovias, podendo ser pavimentadas ou não, é ainda o mais utilizado pelas empresas no Brasil, considerada a mais vantajosa, feito por meio de carretas e caminhões. Esse transporte é utilizado geralmente para curtas distâncias, produtos com alto valor agregado e produtos perecíveis, porém possui um valor de frete mais alto

Vantagens

-Criação de rotas flexíveis;

-Viabilidade para diversos tipos de rotas;

-Prazos razoáveis;

-Preços competitivos;

- grande acessibilidade;

- Pouco burocracia na hora de emitir documentação; 

Desvantagens

- Custo com fretamento;

- Alto custo do combustível;

- Menor distância alcançada com relação ao tempo;

- Capacidade de carga reduzida;

- Veículos utilizados para tração possuem um elevado grau de poluição ao meio ambiente;

- Os veículos deve estar em constante manutenção;

 

Modal Ferroviário

O transporte ferroviário Brasileiro tem como locomoção o uso de "trilhos" é um via férrea paralela ao solo de longo percurso, o transporte é feito por vagões interligados a uma locomotiva que os carrega sobre os trilhos. O modal Ferroviário tem a capacidade de transferir cargas ou pessoas de lugares extremamente distantes. A malha ferroviária no Brasil ocupa cerca de 29.000km.

Vantagens

- Grande capacidade de cargas;

- Custo de seguro baixo;

- Custo de frete baixo;

- Grande distancia alcançada por tempo (sem congestionamento);

- Menos poluente;

- Pequeno recurso de energia por cada unidade transportada; 

Desvantagens

- Transporte lento devido as suas cargas e descargas;

- Baixa flexibilidade com pequena extensão da malha;

- Pouca integração entre os estados;

- Riscos de roubos e furtos;

- Elevados investimentos em manutenção e construção das linhas férreas;

 

Modal Aéreo

O transporte aéreo é o modal de transportes que consiste em transportar mercadorias (cargas) através de aeronaves. É baseado em normas da Associação de Transporte Aéreo Internacional, tendo como referência no país a Infraero. O transporte aéreo é o que mais contribuiu para a redução da distância-tempo. Registra grande flexibilidade e permite o acesso a pontos isolados do país, com alta velocidade operacional.

 

Vantagens

-  É o transporte mais rápido e seguro;

- Não necessita embalagem mais reforçada (manuseio mais cuidadoso);

-  São menores o custo com o seguro,estocagem e embalagem;

-  Os aeroportos normalmente estão localizados mais próximos dos centros de produção;

-  Mais viável para bagagem desacompanhada,partes e peças de reposição,mercadoria perecível,animais etc por ser o meio mais rápido;

Desvantagens

- Custo elevado da sua infra-estrutura;

- Menor capacidade de carga, se comparado aos outros modais,ganhando apenas do rodoviário;

- Valor do frete mais elevado em relação aos outros modais;

- Impossibilidade de transporte de carga a granel, como por exemplo, minérios, petróleo, grãos e químico;

- Existência de severas restrições quanto ao transporte de artigos perigosos;

 

Modal Marítimo

 É uma das modal de transporte aquático, ela ocorre por mares e oceanos por meio de embarcações (barcos, navios, transatlânticos), sendo muito utilizado para o transporte de cargas a curtas e longas distâncias.

 É uma das modalidades mais antigas, quem nunca ouviu falar das "Caravelas"? Percorridos por tantos e tantos navios em meados do século XV, foi através desse modal que o Brasil foi descoberto e colonizado pelos portugueses. O transporte marítimo pode englobar todo o tipo de cargas, desde químicos, combustíveis, alimentos, areias, cereais, minérios, automóveis e até mesmo aviões e assim por diante.

Vantagens

- Carrega qualquer tipo de carga;

- Maior capacidade de carga;

- Menor custo de transporte;

Desvantagens

- Necessidade de transbordo nos portos;

- Distância dos centros de produção;

- Maior exigência de embalagens;

- Menor flexibilidade nos serviços aliados a frequentes congestionamentos nos portos;

 

Modal Dutoviário

O transporte dutoviário é feito através de tubos (dutos) e canos cilíndricos ocos, Duto é o nome dado as tubulações que levam grandes quantidades de produtos como petróleo e seus derivados conhecidos como oleodutos.

O transporte dutoviário vem se revelando como uma das formas econômicas de transporte para grandes volumes quando comparados com os modais ferroviário e rodoviário. Algumas características são atribuídas ao transporte dutoviário como, agilidade, segurança, baixa flexibilidade e capacidade de fluxo.

Vantagens:

- Alta confiabilidade, pois possui poucas interrupções;

- Pouco influenciado por fatores meteorológicos;

- Reduzida possibilidade de perda de produto;

- Reduzida possibilidade de avaria;

- Economia de transmissão em larga escala e longas distâncias;

- Continuidade do fluxo;

- Não há necessidade de se usar embalagens;

- Indicada para o transporte de produtos perigosos;

- Demanda pouca mão-de-obra;

Desvantagens:

- Número limitado de serviços e capacidade;

- Não é indicado para pequenos volumes e distâncias curtas;

- Baixa flexibilidade quanto à rota de distribuição, sua posição não é fácil de alterar e por este motivo é adequado a produtos que mantenham sua demanda restrita a pontos fixos;

- Necessidade de grande investimento em capital;

- Seu uso só pode ser estendido a certos grupos de mercadorias dentro de um mesmo duto, embora seja tecnicamente possível separar um produto de outro sem que eles se misturem durante o transporte, não é aconselhável usar um mesmo duto para carregar parafina e depois leite, por exemplo;

- Caso haja alguma avaria nos dutos submersos pode causar uma grande catástrofe ambiental;

 

Transporte Intermodal e Multimodal qual a diferença

Embora exista diversos tipos de modais, as empresas não necessariamente precisam utilizar apenas de uma, há empresa utilizando multimodalidade e a intermodalidade. São operações que se realizam pela utilização de mais de um modal de transporte. Isto quer dizer transportar uma mercadoria do seu ponto de origem até a entrega no destino final por modalidades diferentes (aéro, rodoviário, ferroviário, hidroviário etc). 

Transporte Intermodal

Refere-se a uma mesma operação que envolve dois ou mais modos de transporte, onde cada transportador emite um documento e responde individualmente pelo serviço que presta.   

Transporte Multimodal

É o conceito que envolve a movimentação de bens por dois ou mais modos de transporte, utilizando de um único contrato de transporte emitido por um OTM (Operador de Transporte Multimodal). nas operações dos sistemas multimodais a variedade dos meios de transporte utilizados é pouca.

Agora que você conheceu os diversos tipos de modal de transporte no Brasil. Confira os benefícios da logística integrada.

 

 




Deltacooper

Fundada em 13 de setembro de 2000, a Deltacooper está entre as mais conceituadas cooperativas de trabalho para o setor de logística e transporte.


Saiba mais